Notícias

FB
24/11/2017 Turma de Turismo Rural do SENAR-RS inaugura novo roteiro em Nova Roma do Sul Com a proposta de dar mais opções de renda ao produtor rural e, através da diversificação, levar mais segurança financeira ao campo, o SENAR-RS oferece o curso de Turismo Rural. A iniciativa ajuda a movimentar a economia das regiões onde está presente ao aproveitar o potencial turístico do interior do Rio Grande do Sul.
   Em um pequeno município cercado pelos Rios das Antas e da Prata, um grupo de empreendedores irá provar, este mês, que está pronto para os primeiros visitantes: a turma de Turismo Rural do SENAR-RS em Nova Roma do Sul vai organizar um passeio piloto pelas propriedades participantes do curso, no mês em que o município comemora o seu 30º aniversário. O exercício colocará em prática tudo o que aprenderam com o treinamento. Os primeiros visitantes serão os alunos do curso de Turismo Rural de Farroupilha. Será a oportunidade de os alunos poderem interagir, avaliar a experiência e elaborar sugestões que serão úteis para as turmas e participantes do Programa do SENAR-RS. 
   No roteiro está previsto um dia todo de atividades que inclui um passeio em uma vinícola, café rural em uma pousada, volta de carretão e visita a museu rural. Os alunos poderão ainda conhecer uma pousada que está se preparando para abrir as portas no município.
   De acordo com a instrutora Aline Moraes Cunha a turma de Nova Roma do Sul é composta por dez empreendedores rurais que, através de seus novos negócios, estão contribuindo para ampliar a estrutura turística da cidade: "Nova Roma do Sul é um destino ecológico, se destaca pela produção de vinhos e sucos orgânicos, ecoturismo e turismo de aventura. O turismo rural se encaixa muito bem na vocação do município, o que significa que pode complementar e até ampliar o fluxo de turistas".
   Segundo o gestor do programa, José Antônio Simões Pires, o curso de Turismo Rural, realizado pelo SENAR-RS há 12 anos, tem o objetivo de identificar o potencial e dar aos produtores rurais as ferramentas necessárias para implantar atividades negociais nas propriedades, unindo as habilidades, vocações destes locais e qualificação com uma nova atividade produtiva baseada no turismo, que protege o meio ambiente e gera uma fonte adicional de renda. Em 2017, oito turmas estão em atividade. O curso é composto por 24 módulos e dura cerca de um ano. Produtores rurais interessados em participar devem manifestar interesse aos Sindicatos Rurais de sua região.



Fonte: ASSCOM SENAR-RS

Busca

Busque sua notícia por período

De

Até