Notícias

FB
06/03/2018 Primeira Turma do Curso Técnico em Agronegócio no RS se forma em Cruz Alta O Curso Técnico em Agronegócio, da Rede e-Tec, formou a sua primeira turma no Rio Grande do Sul na última sexta-feira, 02/03, em Cruz Alta. O curso, reconhecido pelo MEC, é realizado na modalidade semipresencial e tem a duração de dois anos. A turma de 30 formandos ficará eternizada com o nome de Carlos Rivaci Sperotto, homenagem registrada em uma placa que ficará no Sindicato Rural de Cruz Alta, que emocionou familiares de Sperotto. 
   O presidente do Sistema Farsul, Gedeão Pereira, concedeu o grau de tecnólogo aos formandos e, em seu discurso lembrou a evolução do agronegócio brasileiro nas últimas décadas, que hoje coloca alimento na mesa de mais de 170 países e ressaltou que ainda há um longo caminho a percorrer até que o país se torne, para o agronegócio, o que a China é para a indústria: tarefa com a qual os formandos têm muito a contribuir.
   O superintendente do SENAR-RS, Gilmar Tietböhl, destacou a coragem, perseverança e senso de oportunidade da turma, qualidades que são necessárias para os profissionais que trabalham com o agronegócio. Paraninfo da turma, o chefe da Divisão Técnica do SENAR-RS, João Augusto Telles, observou que a formatura é representativa da evolução do SENAR-RS, que completa 25 anos em 2018, e busca cada vez mais oferecer cursos com maior aprofundamento.
   O Curso Técnico em Agronegócio é voltado para a gestão e comercialização direcionadas ao meio rural e teve 80% das aulas realizadas à distância. Os 20% de aulas presenciais incluíram visitas de campo. A formanda Adriana Silveira destacou o conteúdo voltado para a prática como um dos aspectos mais relevantes: "já fiz outros cursos, inclusive curso superior, mas a capacidade do curso técnico de aliar a teoria com a prática realmente chamou atenção, principalmente quando realizamos visitas técnicas", afirma.
   Milton Müller, que trabalha com pecuária de corte, considera a diversidade dos alunos um dos pontos altos do curso: " A troca de experiência com pessoas que trabalham em diferentes segmentos foi muito rica. Aprendi muito sobre gestão, um ponto que é crucial na minha atividade, já que trabalho em uma propriedade familiar." 

Fonte: ASSCOM SENAR-RS

Busca

Busque sua notícia por período

De

Até